Metas

Metas de 2017: falhando

Essa sou eu, segunda semana de 2017 e já falhei em cumprir uma das minhas metas para 2017: postar no blog uma vez por semana durante o ano inteiro. Mas cês acham que isso vai me derrubar, logo eu que já estou sempre no chão? Não vai mesmo. FELIZ ANO NOVO, MINHAS DOCES INSPIRAÇÕES.

raven

Como foram as festas para vocês? Fizeram coisas legais? Eu espero que sim, porque eu tomei muito suco, joguei, acho que em algum momento viajei com a família (só não consigo lembrar quando foi) e montei quebra-cabeças (que também é uma meta minha para 2017). Como já deve estar na cara, vou falar sobre metas para 2017 – se ainda era segredo para alguém, sinto muito.

Vocês traçam metas no começo do ano? Vou dizer que não sou uma pessoa que normalmente faz isso. Durante muito tempo, inclusive, fugi de tudo o que parecesse um compromisso e isso inclui metas. Então, era como se eu decidisse fazer algo e “meh” se desse certo e “meh” se desse errado. Minha psicóloga tentou com muito afinco mudar isso. E tenho tentado mudar, de pouco em pouco.

meh

Só que eu me liguei de uma coisa: no meu caso, eu tinha medo de me comprometer e falhar, então nem começava porque f*** it. Quantos de vocês também são assim? Não adianta mentir, sei que tem gente que é igual a mim nesse quesito. E daí se der errado? Vai ser ruim? Oxe, vai. Porque é sempre ruim estar errada ou não conseguir algo que a gente tava com muita vontade de ter. Parece que nós esquecemos que nem sempre tudo estava ali pronto para ser nosso, né? Que com o passar do tempo, a gente vai aprendendo coisas novas e alcançando novas conquistas. Depois que as pessoas aprendem uma coisa, do tipo, qualquer coisa, fica supercomplicado começar algo do zero. Igual quando tu sabe falar uma língua estrangeira fluentemente e vai aprender mais uma. A FRUSTRAÇÃO DAS PRIMEIRAS AULAS. Sabe por que? Por leva A SHIT TON OF TIME para ser fluente em algo e isso dá tempo para o nosso cérebro esquecer que na primeira aula nós mal falávamos “eu como pão” direito. Mas isso passa. A mesma coisa com metas.

sucesso

O mais difícil continua sendo o primeiro passo. Então, para começar o ano bem – mesmo já tendo falhado – vou fazer o melhor que conseguir das minhas metas que são:

  • Postar uma vez por semana até o final do ano;
  • Editar e publicar vídeos;
  • Estudar sociologia e montar a tese de mestrado;
  • Fazer todos os testes de proficiência;
  • Fazer algum curso na minha área;
  • Ser mais forte que meu DDA e montar 20 quebra-cabeças até o final do ano;
  • Ler 24 livros;
  • Assistir mais de 6 filmes no cinema;
  • Aprender um pouquinho de alemão;
  • Me aceitar mais e passar isso para outras pessoas;
  • Prestigiar marcas plus size feitas por mulheres;
  • Trabalhar em um trabalho voluntário;
  • Viajar sozinha;
  • Conhecer muitas pessoas.

Fácil, né? Em dezembro volto aqui para fazer o balanço dos meus sucessos. Contem as metas que vocês escolheram para 2017 e a gente pode se ajudar. Até semana que vem!

mad-bants

Bye, internets!

Padrão